Uma boa metodologia em GP atribui um valor elevado para a empresa, para os projetos e para os gerentes de projetos.

www.tenstep.com.br

Existe algumas empresas que construíram sua reputação por terem a habilidade de gerenciar consistentemente os projetos com eficiência. Entretanto, a maioria das empresas tem a reputação mais inconsistente. A sua organização tem alguma das características abaixo?

Entrega os projetos atrasados, estoura o orçamento, ou não satisfaz os requerimentos dos clientes.
Os gerentes de projetos utilizam processos e técnicas fracas e de maneira inconsistente.
O Gerenciamento de projetos é reativo e não é considerado o valor fornecido.
O tempo requerido para gerenciar os projetos de forma pró-ativa, não é adicionado ao Cronograma, desde então o mesmo é considerado custo indireto (inglês: overhead).
Os projetos são ‘bem-sucedidos’ independentemente da falta de planejamento e do gerenciamento de projetos, mas com alto índice de stress, e horas-extras em todas as fases de execução do projeto.

Uma boa maneira para resolver as situações acima é a disciplina no gerenciamento de projetos. Ter boas habilidades no gerenciamento de projetos não significa que não haverá problemas, isso não quer dizer que os riscos irão desaparecer e não haverá surpresas. O valor de um bom gerenciamento de projetos está nos processos padronizados, elaborados para lidar com qualquer tipo de contingência.

Os processos e as técnicas de gerenciamento de projetos são utilizados para coordenar os recursos e obter resultados pré-programados. É preciso entender que o gerenciamento de projetos não é totalmente uma ciência e nem uma garantia de sucesso. Desde então, fica absolutamente impossível controlar as incertezas e a complexidade em projetos que envolvem recursos humanos.

Gerenciamento de Projetos é uma ciência porque conta com processos e técnicas aprovadas e repetitivas para se obter sucesso nos projetos. Gerenciamento de Projetos também é uma arte, porque envolve gerenciamento das pessoas e requer habilidades de intuição para ser aplicada em situações totalmente únicas para cada projeto. Uma boa metodologia de Gerenciamento de Projetos provém de uma estrutura, diretrizes, processos, e técnicas para gerenciar as pessoas e o trabalho. Uma boa metodologia otimiza as chances para que o projeto tenha sucesso e atribui um valor elevado para a empresa, para o projeto e para o gerente de projetos.

A proposição, o valor para o Gerenciamento de Projetos é gerado da seguinte forma: “Requer tempo e esforço para gerenciar pró-ativamente um projeto”. Este custo é mais do que compensado durante a vida do projeto. O custo é compensado da seguinte forma:

Os projetos são completados com maior rapidez e menor custo.
Economia de esforço e do custo.
Aumenta as chances de entregar o produto ou a solução de acordo com as expectativas do cliente.
Resolução dos problemas com maior rapidez.
Resolução dos riscos futuros antes de os mesmos ocorrerem.
Comunicação e gerenciamento mais eficaz das expectativas junto com os clientes, membros de equipes e Partes Interessadas.
Criação de um produto de alta qualidade na primeira vez.
Melhora o gerenciamento financeiro.
Os projetos que não fazem mais sentido são Cancelados de maneira mais rápida.
Maior foco nas métricas e na tomada de decisões baseada nos fatos.
Melhora o Ambiente de Trabalho.

As pessoas que reclamam que o gerenciamento de projetos gera excessivos custos indiretos (inglês: overhead), esquecem-se do ponto principal. Todos os projetos são gerenciados. A questão é quanto efetivo você quer gerenciá-los, por exemplo:

É inevitável que seu projeto encontre problemas, mas você quer resolver estes problemas de maneira pró-ativa ou quando eles surgirem?
É inevitável que seu projeto tenha que lidar com riscos potenciais, mas você quer minimizá-los antes que os mesmos aconteçam ou esperar para quando estes ocorrerem?
Você vai ser pró-ativo na comunicação ou prefere lidar com conflitos e incertezas por falta de informação?
Você vai gerenciar o escopo do projeto ou deixar o escopo gerenciar você?
Você vai desenvolver qualidade no seu processo ou prefere resolver os problemas quando os mesmos se tornarem mais caro?
As características de um projeto não irão mudar se você usar os processos formais de gerenciamento de projetos. O que muda é a forma como os eventos são conduzidos com a evolução do projeto. Eles serão conduzidos de forma casual e reativo ou pró-ativamente através de processos organizados e padronizados?

Geralmente, acredita-se que as organizações que seguem processos adequados são bem mais sucedidas do que as organizações que não seguem. As organizações que têm bons processos, e os seguem, às vezes são chamadas de “organizações dirigidas pelos processos” (Inglês: Process Driven Organizations). Estas organizações concluem mais trabalhos e tendem a executar os trabalhos que fornecem maior valor. Também, estas organizações têm sistemas organizacionais para ajudar todos a serem mais bem-sucedidos, incluindo os gerentes de projetos. Existem muitas maneiras para avaliar o quanto a sua organização segue os processos padronizados. Talvez o modelo de avaliação mais conhecido seja o Modelo de Maturidade e Capacidade (Inglês: Capability Maturity Model-CMM).

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.