Um caminho para o sucesso

Claudio Manuel Joaquim*
www.hsm.com.br

Falta de projetos ou complexidade gera mesmo resultado, falência de sua empresa ou de seus projetos de vida. E como não deixar isso acontecer?

As empresas, salvo algumas exceções, possuem visão simplista do que é comercialização, essa, não é somente “comprar barato e vender caro”, mas planejar, planejar e planejar. O cliente de amanhã precisa ser focado hoje. Quem não se lembra da empresa Mesbla, cadeia de lojas de departamento brasileira que teve seu inicio em 1912 e falência decretada em 1999. Certamente o enfoque no cliente de amanhã e estratégia adotada funcionou por 87 anos, mas mudanças nas estratégias ou não manutenção dessas causaram a falência. Não há vida útil para empresas, sustentação no mercado dar-se á pelo mesmo tempo em que plano estratégico e visão em quem comprará amanhã ser objeto primordial de reuniões de diretorias. O objetivo dos CEOs deve ser antecipação de tendências, o que fará cliente comprar novamente? Como terei mais cliente? Qual é o impacto de minha empresa na sociedade? Como trato os recursos individuais de minha empresa? Como eles podem afetar meus resultados? Será que estamos certos em nossas decisões? Estamos progredindo na empresa ou somente movimentando? As Respostas para esses questionamentos devem estar claras na mente dos mesmos e questionamento crítico deve ser feito diariamente. Igualmente objetivos devem estar estabelecidos de forma clara e especifica para todos os colaboradores, qual seu objetivo na empresa? Todos devem responder de forma clara e precisa, somente assim, essa, prosperará. Como dizia o guru do Management Peter Drucker “os colaboradores devem ser vistos como recurso e não como custo. O recurso é aproveitável, o custo é logo, objeto de corte. O negócio de cada empresa é único, não importa a área de atuação, todas somente irão prosperar se aprenderem a fazer gerenciamento.

O gerenciamento de indivíduos é o que irá manter sua empresa viva em um mundo globalizado onde produtos são copiados e feitos em outros países ou mesmo localmente, por concorrentes, com custo menor. Fortes concorrentes. Como isso é feito? Isso é feito com gerenciamento de custo regressivo onde concorrente compra seu produto, desmonta, calcula e refaz o mesmo, após muito esforço, com custo fixo reduzido. Como garantir que sua empresa não tenha produtos/idéias copiadas? Impossível.

Portanto, somente com inovação e criatividade continuada você irá evitar a clonagem dos seus produtos. Empresas, em sua maioria, prendem-se às idéias das concorrentes e podem, assim, copiar fielmente um produto recém lançado, ou melhor, projeto e lançar “cópia melhorada do original” onde o segundo pode ganhar o espaço de mercado que era, em outrora, ocupado pelo primeiro. Inovação e gerenciamento de indivíduos é a chave do sucesso e única maneira possível das empresas sobreviverem às adversidades e chegarem ao sucesso. (“Per aspera ad Astra”).

Joaquim, Claudio Manuel

Professional na área de comercio exterior e MBA em Comércio exterior e negócios internacionais pela FGV

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.