Sua empresa está na moda?

em www.hsm.com.br

A sustentabilidade e o gerenciamento de projetos são as questões do momento. Você já se questionou se sua organização sabe como vestir essas camisas?

Assim como as pessoas, as organizações também desejam estar na moda. É mais ou menos como comprar roupas novas, a diferença é que as empresas usam marketing e propaganda. Enquanto as pessoas querem ser mais eficientes, buscando cursos, por exemplo, as empresas estão sempre atrás de ferramentas, processos e resultados.

Dois temas estão na moda hoje: a sustentabilidade e o gerenciamento de projetos. As empresas querem implantar escritórios de projetos e ter ações sustentáveis. Mas não raras as vezes se esquecem de perguntas básicas. Já se perguntou, por exemplo, se sua sua organização realmente precisa de um escritório de projetos?

A maioria das organizações já possui planejamento estratégico, mas tem dificuldade em colocá-lo em prática. Isso ocorre principalmente pela dificuldade em focar as variáveis que realmente criam valor e sustentam a missão-visão empresarial. Assim, as metas descem a cadeia hierárquica sem serem apoiadas pelos valores, o que simplesmente cria números a serem atingidos e elimina a criatividade nas soluções tático-operacionais.

Tome a gestão da qualidade como exemplo. Muitas organizações criaram seus manuais, obtiveram a ISO 9001 e não lograram benefícios. Por quê? Porque apenas criaram mais trabalho burocrático, não se imbuíram do pensamento “qualidade”, não enxergaram os princípios e valores novos que poderiam aumentar a eficiência, satisfação e resultados. Pensam na qualidade apenas como métricas.

Idem para o gerenciamento de projetos. Alguns CEOs têm reclamado que gastaram milhões em software, metodologias e treinamentos, mas não estão colhendo os frutos esperados. Por quê? Porque os projetos são os mesmos, a diferença é que agora estão um pouco melhor documentados e possuem indicadores.

Segundo referências de Englung (2004) , o problema é a falta de patrocinadores conscientizados e qualificados para os projetos. Afinal, são a alta administração e a gerência sênior que priorizam e definem os projetos, devendo orientar os gerentes dos projetos quanto aos objetivos e resultados esperados.

Sustentando um conceito

Do lado da sustentabilidade, será que gastar recursos da empresa para proteger árvores da Amazônia é sustentabilidade? Penso que não. Sustentabilidade é, por exemplo, um banco fazer empréstimo a taxas mais razoáveis para o microempreendedor. Vale a pena pesquisar sobre o Grameen Bank, pelo qual seu fundador, Muhammad Yunus, recebeu o prêmio Nobel da Paz em 2006. Yunus criou, em 1976, um banco popular especializado na concessão de microcrédito para pessoas de baixa renda.

Só em Bangladesh, o Grameen Bank tem 2,1 milhões de clientes. Seu método, hoje exportado para 58 países, ajudou a melhorar o nível de vida de milhares de pessoas; obviamente, o banco também se beneficiou muito da estratégia.

Outro case interessante, porém malogrado, aconteceu com uma grande cadeia de atacado brasileira: a estratégia da empresa era cobrar mais caro para fornecer aos mercadinhos e mercearias, enquanto dava vultosos descontos a grandes redes de supermercado. O resultado no longo prazo foi catastrófico. As grandes redes agora negociam diretamente com os fornecedores de produtos e os pequenos se uniram para também fazerem o mesmo. Era óbvio que as grandes redes um dia tomariam esse caminho, afinal para quê eles precisavam de intermediários? Se esse atacadista tivesse focado em uma parceria sustentável com os mercadinhos e mercearias, teria obtido sucesso. Errou feio.

Existem também vários cases de sucesso em que as empresas envolvem a comunidade, ganham apoio e obtêm benefícios interessantíssimos. Conheço uma empresa que se instalou numa área problemática, próximo a uma favela. O terreno, de grande área, tinha um preço baixo. O que a empresa fez? Adquiriu mão de obra não especializada na própria comunidade ao redor e treinou essas pessoas. Contratou funcionários a um valor menor do que se tivesse ido buscar em outro lugar, economizou com vale transporte e ainda conseguiu a maior vitória: apoio da comunidade.

Mário Henrique Trentim (Engenheiro e diretor da iPM Consult – Consultoria Inteligente)

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.