O que é um projeto?

www.tenstep.com.br

Antes de ser um bom “gerente de projetos” e aplicar as boas técnicas de ‘gerenciamento de projetos’, você deve assegurar-se de que o trabalho que você está assumindo é, de fato, um projeto. Algumas pessoas dizem que todo o trabalho é um projeto, mas não é bem isso. Realmente há muitos tipos de trabalho – Suporte (apoio), Operações, Gerenciamento, Projetos, etc.

O trabalho de suporte inclui a manutenção de sistemas, soluções ou processos atuais. Para pessoas que trabalham no desenvolvimento de TI, o trabalho de suporte consiste em responder a perguntas, comparecer as reuniões regularmente agendadas, solucionar problemas nos sistemas de produção, etc. Para o pessoal que trabalha nas vendas, isso pode significar fazer chamadas diárias de vendas, movimentar contratos através de um processo de aprovação, atualizar registros de chamadas, etc.

Trabalho de operações consiste no trabalho rotineiro requerido para a execução dos processos de negócio da empresa. Para um encarregado de contas a receber, isso poderá significar verificação de contratos, de contas de saldos, fechar o sistema, etc.

O trabalho de gerenciamento é requerido para gerenciar e liderar pessoas e processos do negócio.

Os critérios chave são de que este tipo de trabalho é contínuo e faz parte da rotina de seu trabalho. Este é o trabalho que você faz hoje, fará amanhã, e continuará fazendo.

Por outro lado, os projetos não são rotineiros. A maior diferença dessas categorias do trabalho é que os projetos, por definição, têm uma data de início e uma data de término definida. Existe um ponto no tempo em que o trabalho não existiu (antes do projeto), existe (durante o projeto), e não existe outra vez (após o projeto). Esta é a chave para determinar se um trabalho é um projeto ou não.

Há muitas opções para determinar os eventos que significam quando um projeto inicia e quando um projeto termina. Estes eventos e as definições de datas de início e de término podem variar de empresa para empresa.

Todos os projetos são únicos. Podem ser similares aos projetos prévios mas são diferentes nos termos de prazos, recursos, ambiente, etc.

Os projetos resultam na criação de uma ou mais entregas.

Os projetos atribuem recursos humanos – a tempo integral, meio expediente ou ambos.

Os projetos têm um Escopo do trabalho definido.

Sendo assim, você deve conhecer na prática. Na teoria, os projetos podem ter 1 hora, 100 horas ou até 100.000 horas. Então, você deve reconhecer que, apesar da criação de uma entrega pequena ser um projeto, ela não necessita da mesma estrutura e da disciplina de um projeto grande. Um projeto de uma hora, você precisa “somente executar”, toda a análise e o projeto estão na sua cabeça. Para um projeto de vinte horas você, na maior parte, ‘simplesmente executa’. Entretanto, você poderá necessitar planejar um pouco, comunicar-se um pouco, talvez tratar um pouco dos problemas. Um projeto de cem horas resulta em demasiado trabalho de planejamento e controle. Por exemplo, você necessita começar a definir o trabalho e construir um cronograma simples. Um projeto de 5.000 horas necessita de toda a disciplina do gerenciamento de projetos. Passando para o extremo, um projeto de 100.000 horas provavelmente possui muitas coisas para colocarmos nossa cabeça em torno. Este projeto maior terá que ser decomposto em projetos menores, mas relacionados, para que todo o trabalho seja executado.

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.