Motive, reconheça e recompense

em www.hsm.com.br

“Siga esta tríade, caso o objetivo seja melhorar o desempenho e fidelizar equipes”, orienta especialista

Independente do setor ou ramo de atividade, o grande dilema das organizações é alcançar e manter resultados positivos e consistentes. Além de planejamento e metas claras, a melhoria do desempenho está diretamente relacionada ao comprometimento e o desempenho da equipe. E, neste contexto, a tríade “motivar, reconhecer e recompensar” merece destaque.

Sem motivação não há aumento expressivo de produtividade, nem tampouco resultados excepcionais. Um bom exemplo é a formação da equipe de futebol para competir na Copa do Mundo. A paixão pelo esporte e a determinação em buscar os melhores resultados embalam equipes do mundo todo. Assim como nas seleções, é preciso despertar o sentimento de desafio, incentivar a capacidade de superação e enfatizar a conquista e sensação de realização.

Aqueles que ainda não perceberam que o sucesso de um time depende da motivação estão patinando em estratégias vazias. Se o discurso da empresa está calcado apenas no planejamento e no atingimento de metas, é preciso incorporar a alma nas ações com uma pitada de estímulo. Se o único incentivo que dispõe é o salário no final do mês, certamente, o profissional vai produzir de acordo com o que ganha. Agora, se há motivação e reconhecimento, o profissional vai vestir, com orgulho, a camisa da empresa.

Para auxiliar neste processo, a comunicação interna ou endomarketing tornam-se imprescindíveis, principalmente, quando estão atrelados à valorização do quadro efetivo. Comprometer o público interno é algo genial e, hoje em dia, uma das formas eficazes de motivação.

Vale ressaltar que o gestor deve identificar os anseios de sua equipe e, por meio de campanhas motivacionais e treinamentos, ajudar a melhorar o desempenho dos colaboradores. O gestor tem que destacar a competência de cada profissional, assim como em um time de futebol, no qual cada posição tem o seu valor e um não funciona sem o outro – ainda mais se estiverem sem entrosamento.

Claro que manter equipes inteiras motivadas, comprometidas e empenhadas, não é uma tarefa fácil. Por isso mesmo que os técnicos de futebol são alvos de críticas ferrenhas. Se o objetivo é melhoria de desempenho, aumento da qualidade e fidelização das equipes internas podemos afirmar que motivar, reconhecer e recompensar é a receita perfeita para desenvolver o que empresa tem de mais importante: o capital humano.

Sueli Brusco (Sócia e diretora executiva da SimGroup, especializada em marketing e programas de reconhecimento. Sueli Brusco também é socióloga e psicóloga, especialista em Programação Neurolingüística, psicodrama, psicologia comportamental, marketing pessoal, marketing político e automotivação. É oradora motivacional de cursos e workshops sobre Desenvolvimento da Inteligência Emocional)

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.