Críticas ao Escopo – existe uma área mais importante?

por Mario Treintim, em MundoPM

Publicamos um post que deu o que falar… o assunto é espinhoso: será que existe uma área mais importante no gerenciamento de projetos? As críticas, positivas e negativas, foram muitas, tanto nos comentários do blog quanto em redes sociais e listas de discussão.

O fato é que acabou surgindo uma polarização que não estava na idéia inicial do artigo. O objetivo era chamar a atenção para um problema comum: coleta de requisitos ruim e má definição do escopo. Esse problema acarreta consequências para todo o restante do projeto, já que as demais áreas (seja considerando as 9 áreas do Guia PMBOK ou outras abordagens) estarão apoiadas num escopo mal definido.

As críticas à “supremacia” do escopo apontaram dois aspectos muito importantes:

  • Visão de gerenciamento de projetos como integração.
  • Importância das pessoas e das comunicações.

“Se você fosse perguntado, “Qual é o papel principal do gerente de projetos?”, o que você responderia? A resposta é realizar o gerenciamento da integração para coordenar as partes do projeto num todo coeso.“ (MULCAHY, 2009)

Eu concordei com os comentários feitos neste sentido e reforço a minha concordância em favor de pessoas, comunicação e integração (além das outras áreas, já que todas tem sua importância, caso contrário não seriam utilizadas). O meu pensamento, para reflexão, era se existe uma área mais importante, na minha opinião, é o escopo.

“O fato é que, se existe uma área mais importante, acredito que essa área seja Escopo. É o escopo do produto e do projeto que determina todas as demais áreas. As tarefas são feitas a partir da EAP, os custos são calculados a partir dos recursos estimados para as tarefas, a qualidade depende do escopo do produto e projeto, as comunicações são o suporte para o funcionamento do projeto, RH cuida do maior ativo do projeto – as pessoas, o gerenciamento dos riscos tem como objetivo manter o escopo nos trilhos e, por fim, as aquisições compram os materiais e insumos que precisamos para trabalhar. Temos ainda a Integração, que procura unir todas as demais áreas, além de coordenar, supervisionar e integrar a gestão do projeto.” (Blog MundoPM, por Mário Trentim)

Obviamente, que gerenciamento de projetos requer um enfoque sistêmico, holístico, de integração e coordenação. Neste caso, a pergunta “Existe uma área mais importante?” é realmente capciosa. E a resposta é que não existe áreas de maior importância em termos absolutos, mas poderia sim, na minha opinião, haver importâncias relativas a depender do projeto e de seus fatores críticos de sucesso.

Continuem mandando suas críticas e sugestões de artigos para que possamos tornar o blog MundoPM um local de discussão, aprendizado e compartilhamento de melhores práticas e conhecimentos!

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.