Análise PEST (PESTAL/PESTEL): o que é, importância e como fazer

A Análise PEST, também chamada de Análise PESTAL ou Análise PESTEL, é mais uma metodologia utilizada para a realização do diagnóstico estratégico nas organizações. Seu foco é nas oportunidades e ameaças externas do negócio, ajudando, portanto, a identificar as tendências que influenciam de alguma forma a rotina organizacional. 

Quer entender melhor como funciona e como aplicar a metodologia em sua empresa? Continue a leitura e confira:

  • O que é Análise PEST? 
  • Diferenças entre Análise PEST e Matriz SWOT
  • Como fazer a Análise PESTEL? 

Original em Scopi

O que é Análise PEST? 

Essa metodologia analisa quatro diferentes áreas com o intuito de identificar as oportunidades e ameaças da empresa. 

As áreas analisadas formam o acrônimo que dá nome ao conceito, sendo eles: Política (P), Economia (E), Social (S) e Tecnologia (T). Portanto, a metodologia vai estudar como esses pontos podem afetar o ambiente empresarial de forma negativa ou positiva, auxiliando na definição dos melhores caminhos a serem seguidos pelas organizações.

Você também já pode ter ouvido falar em denominações como PESTAL ou PESTEL, elas são utilizadas quando é interessante para a empresa analisar outros fatores para o negócio. Entenda as nomenclaturas utilizadas e as áreas relacionadas: 

  • Análise PEST: Política, Economia, Social e Tecnologia;
  • Análise PESTAL: Política, Economia, Social, Tecnologia, Ambiental e Legal; ou
  • Análise PESTEL: Political, Economic, Socio-Cultural, Technological, Environmental and Legal.

A ideia, então, é separar esses fatores em tópicos e, em um exercício de pesquisa e raciocínio, listar as tendências relacionadas a eles que podem ter algum reflexo no negócio. Para isso, é preciso entender quais são os elementos externos considerados relevantes para essa análise.

Diferenças entre Análise PEST e Análise SWOT

É muito comum confundirem a Análise PEST/PESTEL/PESTAL com a Análise SWOT, uma vez que ambas são utilizadas no diagnóstico estratégico das empresas. Mas, apesar das similaridades em alguns pontos, as metodologias possuem características distintas. 

A Matriz SWOT vai avaliar a empresa olhando para as suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, além de levar em consideração os fatores internos e externos do negócio. 

Já a Análise PEST direciona a análise para os fatores macros do ambiente externo, isto é, fatores que podem afetar de alguma forma o negócio, impedindo seu crescimento. Além disso, essa análise serve também para identificar possíveis novos rumos para a empresa. 

Portanto, a grande diferença entre ambas metodologias é o fato da Análise PEST realizar um estudo mais aprofundado dos fatores externos. E a SWOT traz também a visão dos aspectos internos do negócio, o que não acontece com a PEST. 

– Leia também: Análise SWOT cruzada (TOWS): como aplicar essa ferramenta em seu negócio?

Como fazer a Análise PESTEL?

Como adiantamos acima, a Análise PESTEL consiste no estudo de fatores externos que podem afetar os resultados da empresa. Abaixo listamos e descrevemos quais são essas áreas. Veja: 

1. Fatores políticos

Aqui são analisados todos os pontos relacionados ao grau de intervenção das situações políticas na empresa e no cenário econômico como um todo. São alguns dos aspectos a serem considerados nesse sentido: 

  • Política de impostos;
  • Leis trabalhistas; 
  • Órgãos fiscalizadores; 
  • Legislações relacionados à empresa; 
  • Código de Defesa do Consumidor; 
  • Regulamentações de segurança. 

2. Fatores econômicos 

Deve-se analisar questões econômicas que trazem impacto para o negócio em suas operações. Por exemplo, a oscilação na taxa de juros pode impactar nos resultados de vendas, representando uma ameaça ou oportunidade em determinado período. 

Portanto, nesse momento a empresa deve avaliar pontos como: 

  • Inflação do país; 
  • Taxa de câmbio; 
  • Nível de renda dos clientes; 
  • Crescimento econômico; 
  • Taxa de desemprego. 

3. Fatores sociais 

Os fatores sociais consideram aspectos culturais, demográficos e outras variáveis da sociedade que influenciam o ambiente organizacional. 

Por exemplo, questões como distribuição etária, segurança e distribuição populacional podem influenciar na dinâmica de distribuição de produtos, estratégia de marketing, entre outras decisões estratégicas da empresa. 

São alguns fatores sociais importantes a serem considerados: 

  • Taxa de crescimento da população;
  • Aspectos demográficos;
  • Grau de instrução dos clientes; 
  • Distribuição de renda;
  • Questões relacionadas ao estilo de vida do seu público-alvo. 

4. Fatores tecnológicos 

A tecnologia está presente em nosso cotidiano a todo momento e para as empresas ela representa otimização de tempo, organização e simplificação da rotina. Por isso, é fundamental estar atento às mudanças e novidades tecnológicas presentes no mercado. 

Nesse sentido, a empresa deve ficar de olho em questões como: 

  • Mudanças na internet; 
  • Lançamento de novos produtos e serviços tecnológicos; 
  • Ciclo de vida da tecnologia;
  • Questões relacionadas à energia. 

5. Fatores ambientes 

Presente nos estudos da Análise PESTAL, os fatores ambientais dizem respeito à influência de questões relacionadas ao meio ambiente na empresa. 

Por exemplo, aqui deve-se considerar itens como procedimentos de reciclagem, eliminação de resíduos, entre outros. São outros pontos a serem analisados: 

  • Regulamentação ambiental e ecológica da empresa; 
  • Uso de energia renovável; 
  • Descarte de lixo;
  • Importância da sustentabilidade para o seu público-alvo. 

6. Fatores legais

Aqui devem ser analisados todos os pontos relacionados à legislação que impactam a organização. É importante entender o que é e o que não é permitido, como é o procedimento adequado para operações comerciais e financeiras no setor, entre outros pontos. 

São exemplos de análises a serem realizadas nesse sentido: 

  • Legislação laboral; 
  • Direito do consumidor; 
  • Restrições internacionais e comerciais; 
  • Mudanças em leis que podem afetar a empresa.

– Leia também: Diagrama de Ishikawa: encontre as causas dos seus problemas!

Cursos relacionados:
Planejamento Estratégico
ESG e Sustentabilidade
Pesquisas de Satisfação de Clientes
Gestão da estratégia com OKRs

Conte com a ProValore para melhorar os processos de gestão da sua organização
Cadastre-se em nosso informativo e receba o eBook Planejamento Estratégico para a Transformação em 2025

Não se preocupe, você pode cancelar a assinatura a qualquer momento.
Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.