6 passos para gerenciar mudanças

www.hsm.com.br

Confira os passos necessários para superar problemas e decisões para gerenciar mudanças, apresentadas por Lawrence Hrebiniak.

“A incapacidade de gerenciar mudanças com eficácia pode destruir ou comprometer seriamente planos de execução, afirmou Hrebiniak. Confira os 6 passos necessários para superar os problemas e decisões básicas ou gerais para gerenciar mudanças, apresentadas por Lawrence Hrebiniak.

1 – Tamanho e conteúdo da mudança
O primeiro passo é decidir sobre o foco dos esforços de mudança. O que precisa ser mudado? Quão grande é o problema ou ameaça que a organização enfrenta, e como a organização deveria responder?

2 – Tempo disponível para a mudança
Quanto tempo a administração tem para executar a mudança? A organização dispõe do luxo do tempo, ou deve agir rapidamente?

3 – Táticas no processo de execução/mudança
Como deve ser realizada a mudança? Deve ocorrer aos poucos ou de uma vez? Deve ser implementada lenta e metodicamente, ou de forma rápida para que esteja concluída em uma única investida?

4 – Responsabilidade ou prestação de contas
Quem é responsável ou deve prestar contas pelos elementos ou aspectos do processo de mudanças? Essa responsabilidade está clara para todos aqueles envolvidos na mudança?

5 – Superar a resistência à mudança
É fundamental superar a resistência à mudança ou a novos esforços de execução. A resistência aberta e, particularmente, a dissimulada podem simplesmente acabar com os esforços de mudança e com a execução, ou ao menos prejudicá-los.

6 – Monitorar a mudança
As mudanças estão funcionando? Com quanta firmeza (ou não) deve ser monitorado o processo de mudança? Que métodos devem ser usados para rastrear ou acompanhar a mudança? O monitoramento dos resultados e do progresso e o ajuste ou modificação do processo de mudança são importantes para alcançar os resultados desejados da execução.

O professor aconselhou que se preste atenção maior aos três primeiros problemas. O tamanho de uma ameaça ou oportunidade estratégica e o tempo disponível para a mudança interagem de forma a impactar muito o terceiro problema, como é gerenciado o processo de mudanças. O fator de como o processo é gerenciado, por sua vez, apresenta tanto custos quanto benefícios potenciais para uma organização. “Saber como o tamanho e a velocidade da mudança afetam a execução da mudança e os custos e benefícios de diferentes abordagens à mudança é absolutamente essencial à gestão de mudanças e a uma execução robusta”, concluiu Hrebiniak.

Invista no desenvolvimento da gestão e dos gestores para melhorar os resultados da sua organização:

Veja nossas opções de treinamentos
Veja nossas abordagens de consultoria 

Cadastre-se e receba semanalmente as melhores dicas e práticas de gestão no seu e-mail.

Na mensagem de boas vindas você receberá o e-book Guia de Planejamento Estratégico para 2023 com o passo a passo do processo de planejamento.